crise econômica

ESCLARECENDO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL – 1ª PARTE

A alegação de déficit nas contas da Previdência Social não é verdadeira. A Reforma da Previdência Social tem outros objetivos, como explicam os estudiosos do tema. Há flagrante contradição deste Governo (nos seus propalados “120 dias” em razão da manutenção

O ATAQUE AOS DIREITOS SOCIAIS, A POLÍTICA E A MÍDIA

Com o fim do (deprimente) período eleitoral deste ano, as atenções se voltam para as possíveis reformas nos Direitos Sociais. Mas, por questão de decência, algumas verdades precisam ser ditas. Os direitos do trabalhador, sejam eles ligados à Previdência Social,

Terceirização, Justiça do Trabalho e Previdência Social: qual a relação?

  A postagem desta semana retoma a discussão sobre as possíveis reformas envolvendo Direitos Sociais – Trabalho e Previdência Social, e tem por objetivo identificar a correlação entre o discurso oficial e algumas opiniões que a mídia repercute quanto às

PREVIDÊNCIA SOCIAL: O QUE O “FANTÁSTICO” NÃO DISSE

Na reportagem do programa “Fantástico” de 17/07/2016 sobre a Previdência Social brasileira, novamente assistimos a um discurso parcial e permeado por vários equívocos, omissões e interesses não confessados. A reportagem centrou fogo na redução de benefícios, dando ênfase ao discurso

Reforma Trabalhista: “Não se altera a legislação em momentos de crise”, afirma economista do Dieese

Se, em curto prazo, os efeitos da crise financeira mundial podem atrapalhar a luta trabalhista no Brasil, no médio e longo prazos, as reflexões que partem da crise podem produzir efeitos positivos para os trabalhadores. A avaliação é do economista